Boome,Blog

Voltar


21 de fevereiro de 2017


Ano passado cresceu 80% o investimento em mobile advertising na América Latina e a publicidade em aparatos móveis teve 50% mais visibilidade que em 2015.

Há uma piada que circula no mundo digital de que todo ano vai ser o ano do mobile. E nunca é.

A piada é porque embora o mobile esteja entre nós há mais de uma década como ferramenta de marketing, há os que defendem que ele meio que não explode. E fica todo mundo esperando que ele exploda e aconteça o que viria a ser o… Tchãrã… ANO DO MOBILE!

Já falei sobre o tema e vou repetir: o ano do mobile são todos os anos desde que transformamos um aparelho celular em um aparato para comunicação e mídia digital. Nunca vai ter o ano do mobile, porque ele é já mainstream faz tempo. Só que não houve um ano em que isso aconteceu, foi acontecendo ano após ano sob nossos narizes, e agora já é.

Bom, mas a julgar pelos dados que mais recentemente temos tido acesso sobre o mobile, parece sabe o que? Tchãrã! 2016 FOI O ANO DO MOBILE!

Segundo dados divulgados pela Logan, empresa de mobile marketing com operação na América Latina, com base em estudos do eMarketer, em 2016, no continente latino americano, o mercado de publicidade mobile cresceu 80%, enquanto os investimentos em digital aumentaram em média 25%. No Brasil, em 2016 o investimento em mídia mobile dobrou em relação ao ano passado. E  a projeção é subir muito até 2020. Veja abaixo:

MOBILE-BRAZIL-768x480

Segundo o MMA MOBILE REPORT 2016, estudo anual da Mobile Marketing Association, realizado pela MillwardBrown, no ano passado os internautas que navegam utilizando aparatos móveis passaram a ver 50% mais publicidade online do que em 2015. Um salto e tanto. Juntando tudo, o ano do mobile, sem dúvida.

Como comenta Fabiano Destri Lobo, Managing Director Latam da Mobile Marketing Association:

“2016 foi o ano de consolidação da mobilidade no Brasil e restante da América Latina. 2017 vai ser o ano em que o meio mobile vai extrapolar o aparelho celular e vamos testemunhar o início de uma nova era, a do consumidor conectado”.

Esse consumidor conectado assume proporções inimagináveis quando olhamos um gráfico como este abaixo em que aparecem os Millenials ocupando quase 90% do seu tempo noturno conectados no celular, também segundo o MMA MOBILE REPORT 2016.

MILLENIALS-MOBILE-768x433

Juan Carlos Goldy, CEO e fundador da Logan, Chairman da Mobile Marketing Association (MMA) na Argentina e membro do Board LATAM da MMA, afirma que “todas as empresas, independentemente de seu tamanho, tem que ter budgets exclusivos para mobile para que possam ser criadas experiências individuais mais eficazes”. Diante do exposto, parece fazer sentido.

Segundo o eMarketer, nos EUA, em 2016, o mobile superou a barreira dos 50% de investimentos digitais totais do mercado. Ano do mobile, portanto, certo?

Ainda segundo o instituto, em 2019 os investimentos em mobile ads representarão 79% dos investimentos totais em digital advertising no mundo. Aí não teremos dúvida, será o ano do mobile também. De novo.

Fonte: ProXXIma

Deixe seu comentário
Procure aqui
Back to top